Eduque os Bebês Musicalmente!

Tempo de leitura: 4 minutos

Educar Musicalmente um Bebê, é muito desafiador!

Eu sei disso, pois já passei por essa situação, como pai.

É sério! Meu filho estava na barriga da mãe dele e, eu resolvi introduzir a música na vida dele desde a gestação.

Foi uma experiência fantástica!

É claro, que esse processo não aconteceu somente na época da gravidez da minha esposa, isso percorreu por vários anos.

No momento que estou escrevendo esse post, meu filho hoje já está com 21 anos. “rsrs”.

Isso mesmo, o tempo passa né.

Ele está cursando o 4º ano de Música, no instrumento Violoncelo, e além dele ser um multi-instrumentista, que toca: (Violoncelo, Violão, Bandolim, outros ele arranha). Ele também é arranjador e orquestrador.

“É um orgulho”

Provavelmente, você deve estar pensando: “Mas educar um bebê musicalmente, vai torná-lo um músico? Eu não quero isso para o meu filho.

CALMA AÍ!!!

A resposta para esta pergunta é: “Isso não é um critério para ser seguido.”

Ou seja, se ele vai ser um músico ou não, vai depender dele e dos pais, obviamente né.

O que quero abordar aqui, não é essa possibilidade: “Incentivar os bebês a serem músicos“.

Mas, se por acaso ele se torne, não há problema algum nisso, mas não é isso que pretendo expor.

A minha pergunta é: Você quer que os bebês tenham uma Inteligência acima da Média?
⁣⁣Tenho certeza que SIM!⁣⁣

Infelizmente, a maioria dos pais e educadores não se preocupam com isso.⁣⁣

Você sabia que a MÚSICA pode lhe ajudar nesta tarefa?⁣⁣
Isso mesmo, pode ajudar e MUITO!⁣⁣
⁣⁣
E, você pode ser o intermediador(a) de um Processo de Estimulação Musical, apenas aplicando técnicas simples e práticas na vida dos bebês.    ⁣⁣

E, lhe digo mais: A melhor fase para realizar esse processo, é na Primeira Infância, que vai do 0 aos 3 anos de idade.⁣⁣
⁣⁣
Se você deixar passar esta fase de ouro da vida deles, como consequência, eles perderão muito.⁣⁣

Porque este período é a melhor fase para um bebê absorver os estímulos e, os conhecimentos que lhes são passados.⁣⁣

a47

VOCÊ SABIA?

Os bebês aprendem nos 3 primeiros anos de vida, como jamais aprenderão novamente.

O cérebro de uma criança de 3 anos é duas vezes mais ativo do que um adulto mediano.    

Se, os pais e educadores não tomarem a decisão de educar musicalmente os bebês, será preciso realizar com eles um processo o quanto antes, “quanto mais cedo, melhor”!

Alguns especialistas pregam que, a flexibilidade do cérebro vai diminuindo com a idade.

Desde o nascimento até os 3 anos de idade, o desenvolvimento neuronal dos bebês alcança seu nível máximo.

A partir dos 3 anos, esse processo começa a diminuir até sua eliminação total, que é aos 6 anos de idade.

Então, quando você tem que iniciar esse processo?

Na Primeira Infância, pois depois desse período os resultados já não serão tão satisfatórios.

Depois de mais de 20 anos atuando como educador musical de crianças, tanto em casa como em escolas, desenvolvi um método, que é um processo.

Esse processo é um passo a passo estruturado e alinhado com a realidade da criança.

Onde você será apenas o intermediador desse processo.

Você não irá ensinar música para os bebês, você vai apenas estimulá-los musicalmente.

MAS, COMO ISSO É POSSÍVEL?

Através de atividades, onde vou lhe ensinar a aplicar várias técnicas de estimulação musical na vida dos bebês.

Para isso, desenvolvi o Curso Online: Musicalização para Bebês.

Através desse curso, você terá acesso:

  • MÓDULO 1: Escuta Musical
  • MÓDULO 2: Música e Movimento
  • MÓDULO 3: Explorando os Sons
  • MÓDULO 4: Desenvolvimento Rítmico
  • MÓDULO 5: Desenvolvimento Melódico
  • MÓDULO 6: Criação Musical

E, além das atividades inseridas em cada um dos módulos, você terá acesso a vários bônus:

  1. Curso de Violão para Iniciantes
  2. Treinamentos
  3. E-books e Apostilas
  4. E, ainda você terá o meu suporte para lhe auxiliar nesse processo.

Você não pode deixar passar em branco essa fase dos bebês.

 

CLIQUE NO BANNER ABAIXO E CONHEÇA MAIS SOBRE ESSE MARAVILHOSO PRODUTO!

2b07

Conteúdo Grátis(1)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *