A música em conexão com as nossas vivências

Tempo de leitura: 4 minutos

a34.....

A criança brinca dentro de um andamento rítmico, por vezes ela anda, corre, pula, gira, etc…

Em cada situação ou experiência que ela se envolve, existe uma melodia que pode ser empregada e, as notas musicais utilizadas dão um sentido real e sutil a esses momentos.

Cada momento que a criança vivencia são aventuras, dramas, comédias, ludicidade.

Se por algum motivo elas forem privadas dessas ocasiões, gradativamente, suas mentes e memórias irão se distanciar de experiências incríveis, que poderiam e podem fazer com que elas aumentem cada vez mais suas capacidades.

Caro leitor, não sei se você teve a oportunidade de vivenciar aventuras na sua infância …

Graças ao Bom Deus, tive o “privilégio” de:  andar descalço pelas ruas, de jogar bola, pular amarelinha, jogar bete, salve latinha, garrafão, pular corda, bolinha de gude, queimada, dentre outros

Sem querer ser saudosista, porque sei que cada época tem a sua importância na história da humanidade, mas estas experiências quase que não existem mais.

Na verdade, para muitos de vocês, é bem provável que nunca tenham ouvido falar sobre algumas dessas brincadeiras citadas.

É claro que, estas brincadeiras também tinham o seu lado “negativo”, como: machucados frequentes, arranhões, dedos dos pés esfolados, roupas rasgadas e sujas, pés encardidos, dentre outros

Mas mesmo assim, era muito bom!

Viktor Zuckerkandl, em seu livro: “Som e símbolo” ressalta que: “A música é uma experiência muito particular, cada um a absorve de forma diferente, e, a sua compreensão vai além das estimulações sensoriais percebidas. Por isso, ela abre uma porta para o reino dos significados, que vão além de símbolos”.

O que tem haver esta frase de Viktor Zuckerandl, com o que mencionei anteriormente?

As brincadeiras são repletas de conceitos musicais:

  • Ritmo
  • Andamentos
  • Melodia
  • Improvisação
  • Criatividade
  • Imaginação
  • Dentre outros…

Existe uma relação muito próxima entre a música e estas brincadeiras!

De acordo com as palavras de Zuckerkandl, é preciso fazer analogias com as experiências vividas, e extrair delas conceitos que vão de encontro a algum aprendizado. E, a música nesse caso se torna uma grande ferramenta de intermediação.

Isso acontece por exemplo, quando conseguimos fazer analogias de situações que vivenciamos, com alguma música.

Imagine uma situação: Você está no trânsito, está chovendo muito e, o trânsito está caótico, carros buzinando, pessoas correndo da chuva nas calçadas. Que música ou, qual trilha sonora daria certo com esta situação? 

Agora, imagine outro cenário: Você está num bosque, você está caminhando lentamente, você passa por várias flores, você ouve o som dos pássaros, algumas pessoas caminhando em silêncio, você ouve o som do vento batendo nas árvores. Que música, ou trilha sonora daria certo com esta situação?  

É claro que, na vida os ritmos são muito mais complexos do que na música, pois a música é organizada de forma mais simples e apurada, mas por baixo da variedade dos elementos que são extraídos das experiências humanas, existe um andamento musical, como por exemplo no nosso falar e escrever.

Quantas poesias e poemas fazem conexões com alguma música? Diversos.

A criança que tem a oportunidade de ser estimulada musicalmente e, consequentemente vivencia a música em sua rotina, com certeza será uma criança com diferenciais. Será uma criança com uma imaginação fértil, pois cada experiência vivida por ela, terá uma conexão com a música.

Oportunizar isso aos seus filhos é romper limites, é, quebrar padrões, pois somos condicionados a aceitar que somente a escola pode desenvolver as crianças. E, isso não é verdade.

A escola tem um papel muito importante e, eu respeito muito essa condição, mas os pais têm o dever de estimular os seus filhos, principalmente na primeira infância, que vai do 0 aos 3 anos de idade, e lhe digo mais: se iniciar na gestação, melhor ainda.

Alguém poderia pensar: “Mas isso não vai engessar meu filho(a)?”

Não, não vai engessar o seu filho, muito pelo contrário, esse processo irá abrir novos horizontes na vida dele.

Você que é Mãe ou Pai, deve estimular o seu bebê musicalmente!

Através do método que desenvolvi, você pode propiciar a ele estímulos musicais para desenvolver suas habilidades e potencialidades.

 

CLIQUE NO BANNER ABAIXO E CONHEÇA MAIS SOBRE ESSE MARAVILHOSO PRODUTO!

2b07

Organic Cat Food Blog Banner

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *