A Importância de Musicalizar um Bebê.

A Importância de Musicalizar um Bebê.

5 minutos DOIS CRITÉRIOS FUNDAMENTAIS PARA MUSICALIZAR UM BEBÊ   Primeiramente é importante você “ENTENDER e RESPEITAR” cada fase do bebê, pois cada um tem o seu próprio tempo e, suas próprias necessidades. Se você quiser compreender como se desenvolve e aplica um processo de musicalização com os bebês, você precisa estabelecer 2 critérios:   Primeiro: criar uma ROTINA com o seu bebê, pois é justamente através desta ROTINA  que você vai aplicar cada atividade. Por que isso? Porque quando você cria uma ROTINA, consequentemente, você adquire Continue lendo

Será que é Possível Musicalizar um bebê?

Será que é Possível Musicalizar um bebê?

4 minutos Um erro muito grande que muitos pais cometem é, esperar que os filhos cresçam para lhes ensinar algo e, outro erro maior ainda é, quando os pais esperam pela idade de 3 a 4 anos para colocá-los na escola, com a expectativa que eles, a partir deste momento possam começar a aprender. É preciso entender que: “A fase primordial para que uma criança tenha um desenvolvimento cognitivo de excelência é do 0 aos 3 anos de idade”. Se você, que é Mãe ou Continue lendo

Só aprende música quem tem o dom?

Só aprende música quem tem o dom?

5 minutos Vejo muitas pessoas dizendo frases parecidas como essa: “Ah! mais ele tem o DOM da música, por isso toca ou canta tão bem”. OU: “Música não é para qualquer um, é só para quem tem o DOM!”. Um tempo atrás, trabalhei em uma escola pública lá, tive a oportunidade de dar aula para um Coral Infantil, com crianças de 9 a 10 anos de idade. A dificuldade para encontrar crianças afinadas nessa escola foi enorme. Tive que lapidar muito as crianças para que elas Continue lendo

O que acontece quando uma criança não recebe estímulos em casa?

O que acontece quando uma criança não recebe estímulos em casa?

6 minutos Conheci a aluna Beatriz, quando ela tinha 5 anos de idade, uma menina linda, educada, tinha enormes dificuldades na compreensão musical. Não me refiro a uma compreensão teórica, e sim, prática. Ela não conseguia absorver e, principalmente praticar o conteúdo que eu trabalhava com a turma. E o mais interessante, é que ela era bailarina, onde se é exigido uma precisão rítmica. Outros fatores que me intrigava bastante: ela não era uma criança tímida, nem insegura e nem apática, muito pelo contrário, Continue lendo

A música é um instrumento mais Potente que qualquer outro para a educação

A música é um instrumento mais Potente que qualquer outro para a educação

14 minutos Platão disse que: “A música é um instrumento mais potente que qualquer outro para a educação”. Pesquisas científicas recentes está provando que ele estava certo. Nas últimas duas décadas, tem sido uma crescente na ciência do cérebro e o papel da música na aprendizagem e educação. Algumas das principais descobertas foram: Quando um músico toca ou canta, ele usa aproximadamente 90% do cérebro, mais do que qualquer outra atividade (Wilson, Universidade da Califórnia). Não existe um “centro de criação de música” no cérebro, mas várias áreas de Continue lendo

Você sabia que: A Música Colabora na Evolução das Crianças?

Você sabia que: A Música Colabora na Evolução das Crianças?

8 minutos Se você quiser que seus filhos sejam pessoas mais preparadas para a vida, é fundamental que você proporcione a eles uma educação mais qualificada e direcionada para o desenvolvimento de suas potencialidades. E um dos recursos mais poderosos para a evolução destas potencialidades é a MÚSICA. Se você souber como prover a música na vida das crianças de forma adequada, estará contribuindo favoravelmente para o avanço de suas competências e habilidades. “Quando a música é estimulada e desenvolvida desde cedo, a criança Continue lendo

Os Benefícios da Música para o Cérebro.

Os Benefícios da Música para o Cérebro.

8 minutos A experiência musical de uma criança inicia bem mais cedo do que você imagina. Na verdade o aparelho auditivo dos bebês já está completamente formado desde a trigésima segunda semana de gestação, quando o feto já escuta relativamente bem e responde a estímulos sonoros, ainda no útero materno. De acordo com pesquisas realizadas, o bebê ainda no útero materno ouve os sons emitidos e percebe as vozes da mãe e do pai e, logo em seguida, as palavras que lhe são dirigidas. Continue lendo

Pais, colaborem na educação dos seus filhos!

Pais, colaborem na educação dos seus filhos!

10 minutos Os pais realizam uma função essencial no processo de cultivo dos talentos de seus filhos, por isso, diante desta realidade a responsabilidade dos pais só aumentam, não só na área musical, mas como em qualquer seguimento. Uma criança não possui consciência necessária para se auto conduzir em um processo de aprendizado, então neste momento a inserção dos pais é de fundamental importância. Muszkat diz que: “Até o primeiro ano de vida, as janelas dos sentidos da criança estão escancaradas, ou seja, estão abertas Continue lendo

Você quer que seu filho(a) seja brilhante?

Você quer que seu filho(a) seja brilhante?

6 minutos Imagine a seguinte cena: Chegou o momento do seu filho(a) ir para a escola, é um novo ciclo que se inicia, é a ocasião onde ele(a) vai ter contato com crianças diferentes, vindos de criações e culturas diferentes. Lá, ele(a) terá que enfrentar novos desafios, novos aprendizados, muitas vezes mudanças de comportamentos, e tudo isso será um mundo novo para ele(a) e, é uma situação inevitável, ele(a) vai ter que enfrentar. Agora, lhe pergunto: “Como você quer que ele(a) chegue nesta fase? Continue lendo

Um mecanismo vigoroso para a expansão cognitiva das crianças.

Um mecanismo vigoroso para a expansão cognitiva das crianças.

3 minutos Sei que não é simples compreender, até mesmo aceitar, que um trabalho de musicalização infantil possa ser um mecanismo vigoroso para a expansão cognitiva das crianças. Infelizmente, a maioria das pessoas não conseguem enxergar além da previsibilidade imposta pela cultura que os circundam. Apenas seguem o fluxo da mediocridade instituída e condicionada pela sociedade. É fato, como as pessoas ficam presas a situações e a condições que não as levam a lugar nenhum, se apegam a discussões e a pensamentos ordinários que Continue lendo